Loading...
Home

WFP – Centro de Excelência contra a Fome

11/10/2017

Brasil participa do CFS

Uma delegação brasileira participou da 44ª sessão plenária do Comitê Mundial de Segurança Alimentar (CFS), que aconteceu em Roma de 9 a 13 de outubro. A delegação era composta por representantes de instituições governamentais brasileiras de diferentes setores, como desenvolvimento social, agricultura, saúde e segurança alimentar.

Além de contribuir para as discussões durante a sessão plenária, o Brasil se juntou à Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) para debater a criação de um Grupo de Trabalho em Nutrição e Sistemas Alimentares. A delegação também participou de eventos paralelos para apresentar a experiência brasileira de alimentação escolar e discutir a governança em segurança alimentar e nutricional, além de reuniões com o PMA e a FAO.

Christiani Buani e a delegação do FNDE no CFS. Foto: WFP

CFS

O CFS é uma plataforma inclusiva para o desenvolvimento de recomendações e orientações para políticas em temas que afetam a segurança alimentar e a nutrição. Representantes da Agência Brasileira de Cooperação (ABC), do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), do Ministério da Saúde e do Ministério de Desenvolvimento Social estavam em Roma para o CFS, assim como o embaixador brasileiro para as agências da ONU com sede em Roma. Christiani Buani, chefe de programas do Centro de Excelência contra a Fome, acompanhou a delegação brasileira.

“Representar o Brasil e o Ministério da Educação em um evento como esse é de fundamental importância para o FNDE, visto que um dos nossos principais focos é garantir a segurança alimentar e nutricional de mais de 40 milhões de estudantes brasileiros, por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae)”, afirmou o presidente do FNDE, Silvio Pinheiro.

Delegação brasileira em reunião com a FAO. Foto: WFP/Christiani Buani

A delegação brasileira se reuniu com a FAO e o PMA para discutir a cooperação em alimentação escolar, saúde e nutrição. As experiências brasileiras em alimentação escolar, no enfrentamento à dupla carga de má-nutrição – fome e obesidade – e o envolvimento de múltiplos setores na governança de segurança alimentar e nutricional por meio do Consea foram destacados como boas práticas a serem compartilhadas com outros países.

As delegações dos Estados membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) se reuniram para discutir a criação do Grupo de Trabalho em Nutrição e Sistemas Alimentares, com o objetivo de desenvolver processos de cooperação e sinergia entre os Estados membros da CPLP para a realização do Direito Humano à Alimentação Adequada. A meta é posicionar a nutrição de forma central nos processos de produção, abastecimento e comercialização de alimentos. Os termos de referência deste Grupo de Trabalho foram apresentados pelo representante do Ministério do Desenvolvimento Social do Brasil, país que assume a Presidência pro tempore da CPLP.

Voltar
  • 16/02/2018

    Estudos de caso sobre proteção social em países africanos

    Leia Mais
  • 16/02/2018

    Missão à Costa do Marfim: fortalecimento da Cooperação Sul-Sul

    Leia Mais