#

Redes regionais

Início

O Centro de Excelência tem apoiado a criação e a implementação de redes regionais para o intercâmbio de conhecimentos e a realização de iniciativas conjuntas. Essa estratégia foi validada pelos 45 países participantes do Fórum Global de Nutrição Infantil, que reconheceu as redes globais e regionais como plataformas efetivas para o compartilhamento de boas práticas e lições aprendidas.

Rede Africana de Alimentação Escolar

Com apoio do Centro desde sua concepção em 2014, a Rede Africana de Alimentação Escolar reúne 25 países africanos em torno de iniciativas de alimentação escolar vinculada à agricultura local. Os governos desses países aproveitaram sua presença na Armênia para o Fórum Global de Nutrição Infantil para discutir suas estratégias compartilhadas para elaborar e implementar programas de alimentação escolar duráveis e fortes. Entre as delegações africanas, participaram 10 ministros de estado e o comissário de Recursos Humanos, Ciência e Tecnologia da União Africana.

A primeira grande conquista da Rede foi o envolvimento da União Africana e sua recomendação de que a alimentação escolar fosse adotada por todos os países do continente como estratégia para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. A União Africana tem desempenhado um papel fundamental na coesão da Rede, e durante a reunião no GCNF compartilhou com as delegações presentes sua estratégia para promover a alimentação escolar no continente, que inclui a realização de um estudo sobre o impacto da alimentação escolar na África, em parceria com o Centro de Excelência.

Voltar ao inicio

Países asiáticos se unem em torno da alimentação escolar

Representantes do Afeganistão, Bangladesh, Butão, Índia, Nepal, Paquistão e Sri-Lanka realizaram a primeira Reunião de Alimentação Escolar do Sul da Ásia, para compartilhar desafios, lições aprendidas e abordagens inovadoras dos programas de alimentação escolar de cada país. A reunião ocorreu em Paro, Butão, de 16 a 18 de agosto, e os países participantes propuseram a criação da Rede de Alimentação Escolar do Sul da Ásia.