Loading...
Home

WFP – Centro de Excelência contra a Fome

09/02/2018

Continente africano celebra terceiro Dia de Alimentação Escolar

African School Feeding Day 2017

 

No dia 1º de março, a União Africana vai celebrar o terceiro Dia Africano de Alimentação Escolar. O evento oficial deste ano vai acontecer no Zimbábue, e celebrações nacionais e sub-nacionais simultâneas são esperadas. A data marca o compromisso do continente com a mobilização de um ambiente propício para a governança e o estabelecimento de políticas públicas de alimentação escolar. O tema de 2018 é “Governança para promover o potencial total de crianças e jovens africanos por meio da promoção de programas sustentáveis de alimentação escolar”.

O evento no Zimbábue vai destacar as boas práticas dos países membro da União Africana na inclusão da alimentação escolar na agenda política como um tópico vinculado ao desenvolvimento nacional. Também vai promover a discussão sobre mecanismos multi-setoriais de inclusão da alimentação escolar nos planos nacionais de desenvolvimento. Para isso, os participant4s vão apresentar os principais resultados do estudo “Alimentação escolar sustentável na União Africana” e dos debates recentes do Grupo de Trabalho de Alimentação Escolar da Comissão da União Africana.

 

Contexto

Com o avanço da União Africana em direção à sua Agenda 2063, à Estratégia Continental de Educação para a África e aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, é preciso destacar boas práticas e manter a atenção voltada para as metas de progresso. Desde 2016, a União Africana vem promovendo a alimentação escolar como uma ferramenta para contribuir para a governança africana, graças a seus impactos inter-setoriais em educação, saúde, nutrição, agricultura e envolvimento da sociedade civil que contribuem para a melhoria dos indicadores socioeconômicos nacionais, regionais e continentais.

Para criar um ambiente propício e fortalecer as capacidades dos países de elaborar políticas públicas, é imprescindível fomentar o potencial criativo de tomadores de decisão e técnicos. Para operacionalizar essa ideia, a Assembleia da União Africana estabeleceu em janeiro de 2016 o 1º de março como o Dia Africano de Alimentação Escolar.

As evidências que embasam as discussões durante as celebrações oficiais do Dia Africano de Alimentação Escolar reconhecem que a alimentação escolar, especialmente quando vinculada à agricultura local, não é um custo, mas um investimento que promove:

 

  • Melhoria do capital humano
  • Ampliação do acesso a atividades de geração de renda
  • Aumento da produção nacional de alimentos
  • Impactos em educação e aprendizagem, saúde e nutrição, desenvolvimento agrícola e econômico.

 

O Dia Africano de Alimentação Escolar foi criado após uma visita de estudos de uma delegação da União Africana ao Brasil para conhecer a abordagem multi-dimensional brasileira de alimentação escolar. Desde então, o Cento de Excelência contra a Fome tem trabalhado em parceria com a União Africana e o escritório do Programa Mundial de Alimentos para a África para apoiar os esforços continentais para adotar a alimentação escolar como ferramenta de promoção do desenvolvimento sustentável.

Voltar
  • 25/05/2018

    Projeto de cooperação na área do algodão é oficialmente iniciado

    Leia Mais
  • 24/05/2018

    Centro de Excelência e Unifesp discutem iniciativas conjuntas

    Leia Mais