Loading...
Home

WFP – Centro de Excelência contra a Fome

31/08/2018

Brasil discute alimentação escolar com Senegal e Serra Leoa

Alunos da Escola Municipal Ilha da Maré

 

De 27 a 31 de agosto, o Centro de Excelência contra a Fome recebeu as delegações de Senegal e Serra Leoa para uma visita de estudos com foco em alimentação escolar. As delegações dos governos dos dois países estiveram envolvidas em atividades de troca de conhecimentos com oficiais do governo brasileiro em Brasília e realizaram uma visita de campo a Salvador para ver de perto a integração da alimentação escolar com a agricultura familiar.

A visita foi organizada pelo Centro de Excelência, Agência Brasileira de Cooperação (ABC) e Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Os escritórios do Programa Mundial de Alimentos no Senegal e em Serra Leoa apoiaram a participação das delegações governamentais.

 

Sessão de abertura

As delegações foram recebidas no Itamaraty pelo Embaixador Fernando José Marroni de Abreu, Sub-secretário Geral da África e do Oriente Médio do Ministério das Relações Exteriores. O embaixador destacou a importância das relações do Brasil com países africanos. André Saboia, Coordenador-Geral de Cooperação Humanitária da ABC, Rogério Lot, Chefe de Gabinete da Presidência do FNDE, e Francisco Marcelo Rodrigues Bezerra, Diretor-Presidente da CONAB, também participaram da abertura.

Daniel Balaban, diretor do Centro de Excelência, afirmou: “o programa de alimentação escolar é bom para a educação, pois as crianças têm capacidade de receber melhor os ensinamentos dos professores quando bem alimentadas; é bom para a saúde, pois a criança que se alimenta tem menos doenças; é bom para a agricultura, pois os agricultores familiares estão produzindo e dinamizando a oferta de alimentos no país; é bom para a economia, pois a economia se diversifica, e possibilita que eles possam comprar bens de outros produtores; e é bom para o desenvolvimento social. É um único programa que atinge ao menos cinco grandes áreas, cinco ministérios”.

 

Delegações de Senegal e Serra Leoa

 

Emily Kadiatu Gogra, vice-ministra de Educação Básica e Secundária de Serra Leoa, destacou o compromisso de seu governo com a implementação de um programa sustentável de alimentação escolar no país. “É uma oportunidade de ouro para nós estar aqui trocando ideias com o Brasil e o Centro de Excelência”.

Serigne Mbaye Thiam, ministro da Educação do Senegal, afirmou: “essa inspiração é importante. Com essa vontade política forte, e com esse apoio, nós teremos um programa de alimentação escolar que que cubra todas as crianças do Senegal de forma universal. É possível de fazê-lo”.

 

Apresentação feita pelos alunos da Escola Municipal de Ilha da Maré

 

Visita de campo

As duas delegações realizaram uma visita de campo a Salvador para ver a integração entre agricultura familiar e alimentação escolar e os benefícios desse vínculo. Eles visitaram agricultores no município de Camaçari e puderam falar com eles sobre como fornecem seus produtos para escolas locais e que tipo de apoio recebem de instituições públicas. Também visitaram uma escola pública local para entender o processo do ponto de vista das escolas.

Os participantes visitaram ainda uma escola pública na Ilha de Maré e assistiram a apresentações culturais e sobre iniciativas de educação alimentar e nutricional. Discutiram com representantes da escola sobre a rede escolar do município de Salvador, com foco nas escolas quilombolas.

Ao final da visita, os representantes dos dois países prepararam um plano de ação com os próximos passos.

VER TODOS TOUTES LES ACTUALITÉS SEE ALL NEWS
  • 19/10/2018

    Fórum Global de Nutrição Infantil celebra 20ª edição na Tunísia

  • 19/10/2018

    Centro participa de eventos sobre desigualdade e segurança alimentar