Loading...
Home

WFP – Centro de Excelência contra a Fome

29/09/2017

Centro apresenta resultados a países parceiros

Durante o Fórum Global de Nutrição Infantil na semana passada em Montreal, o Centro de Excelência contra a Fome aproveitou a presença de vários de seus países parceiros para apresentar alguns resultados, compartilhar novas ferramentas e realizar reuniões bilaterais com representantes de governos.

O Centro apresentou os resultados de sua avaliação de impacto e do estudo da União Africana sobre a situação da alimentação escolar. Durante as sessões técnicas, os especialistas do Centro realizaram oficinas para cerca de 150 pessoas sobre uma metodologia específica e uma nova ferramenta para simular os custos e benefícios no ciclo de políticas públicas. O Centro também foi responsável por liderar as discussões do Communiqué do Fórum.

Países analisaram as recomendações do estudo da União Africana de acordo com seus contextos. Foto: WFP/Isadora Ferreira

Análise de custo-benefício

As oficinas de análise de custo-benefício incluíram uma apresentação e exercícios práticos para ajudar os participantes a entender o processo de construção de modelos de custo-benefício ao longo do ciclo de desenho de políticas públicas, assim como sua aplicação para analisar a alimentação escolar e outros programas de proteção social. A metodologia se concentra na construção de modelos de custo-benefício a partir de técnicas de micro-simulação e de métodos de avaliação de impactos econômicos, com base num novo modelo de análise de custo-benefício desenvolvido pelo Economic Policy Research Institute (EPRI) e pelo Centro de Excelência especificamente para as necessidades dos países parceiros.

Alimentação escolar na África

O Fórum Global de Nutrição Infantil foi uma nova oportunidade para o Centro de Excelência discutir com países parceiros os resultados do estudo sobre a situação e os impactos da alimentação escolar no continente africano. O estudo foi solicitado pela União Africana ao Centro de Excelência e foi realizado pelo EPRI.

Nard Huijbregts, assessor de políticas sociais do EPRI, apresentou o estudo na plenária do Fórum. O estudo ainda não foi divulgado para o público, mas os resultados já foram compartilhados com a Comissão da União Africana. De acordo com Huijbregts, um dos impactos que o estudo já gerou foi a criação do Grupo de Implementação de Alimentação Escolar como parte da Estratégia Continental de Educação para a África da União Africana.

As sete recomendações do estudo também foram discutidas com os países no estande de consultas técnicas do Centro de Excelência. Representantes de governos foram incentivados a identificar entre as sete recomendações aquelas que mais fazem sentido para seus contextos específicos e aquelas que não estão relacionadas com os desafios que enfrentam.

Oficina de custo-benefício no GCNF. Foto: WFP/Isadora Ferreira

Avaliação de impacto

O Centro de Excelência contra a Fome contribuiu para a mudança de entendimento de governos de 30 países sobre o potencial da alimentação escolar: além de prover alimentos para crianças em escolas, os programas de alimentação escolar constituem uma política inter-setorial de segurança alimentar e nutricional, com impactos multi-dimensionais. Este foi o destaque da avaliação de impacto sobre os primeiros cinco anos de trabalho do Centro de Excelência.

Os resultados desse exercício foram apresentados aos participantes do Fórum. Os resultados indicam que o Centro contribuiu de forma significativa para o reconhecimento da alimentação escolar como uma estratégia para promover o desenvolvimento sustentável. O Centro também promoveu o envolvimento de atores governamentais de alto nível, o que ampliou o compromisso dos países com a alimentação escolar. As parcerias fomentadas pelo Centro ajudaram a fortalecer habilidades técnicas cruciais para o desenvolvimento de políticas nacionais de alimentação escolar vinculada à agricultura local.

Ver todos
  • 21/09/2018

    Agricultura e urbanização são tema de conferência internacional

    Leia Mais
  • 21/09/2018

    Centro de Excelência contribui para discussões sobre cooperação internacional

    Leia Mais