Loading...
Home

WFP – Centro de Excelência contra a Fome

21/09/2017

Fórum de nutrição infantil demanda fundos suficientes para alimentação escolar

O Fórum Global de Nutrição Infantil terminou em Montreal, após cinco dias de discussões e intercâmbios sobre alimentação escolar entre governos, acadêmicos, profissionais da área, ONGs e o setor privado. Os 250 participantes de 59 países adotaram um Communiqué com recomendações concretas para os países adotarem e aprimorarem programas de alimentação escolar.

Entre as recomendações, governos são incentivados a integrar os programas de alimentação escolar às políticas, estratégias e planos nacionais, a aproveitar redes regionais de alimentação escolar existentes, a colocar considerações sobre gênero no centro do desenho e da implementação de programas e a incluir os programas de alimentação escolar nos orçamentos nacionais, com alta prioridade.

Sessão plenária no GCNF 2017. Foto: WFP/Isadora Ferreira

Participantes

O Fórum reuniu 250 participantes, dos quais 60% eram mulheres. Eles representaram 59 países. Entre os participantes, estavam uma primeira-dama, um vice-primeiro ministro, cinco ministros, dois vice-ministros, membros do parlamento e representantes da União Africana. O Fórum reuniu representantes do governo, profissionais da área e membros de comunidades dos níveis nacional, provincial e municipal, de setores como educação, agricultura, saúde, proteção social, planejamento e finanças.

Reconhecimentos

O Communiqué do Fórum reconheceu que o acesso à alimentação deve ser considerado um direito humano básico por todos os países e que é responsabilidade dos governos assegurar esse direito. Vontade política, lideranças e apropriação por parte dos governos são indispensáveis para garantir segurança alimentar e nutricional para todas as crianças, adolescentes e jovens e para programas integrados de alimentação escolar.

O documento também reconhece que programas de alimentação escolar promovem igualdade e equidade de gênero e que programas integrados e sustentáveis, especialmente quando vinculados à agricultura local, são um sólido investimento no capital humano. Programas de alimentação escolar devem incorporar educação alimentar e nutricional.

O Communiqué destaca as plataformas efetivas de compartilhamento de conhecimento, a mídia e a cooperação Sul-Sul como meios efetivos de fortalecimento dos programas. A alimentação escolar é uma estratégia crucial para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, especialmente aqueles relacionados à pobreza, fome, saúde, educação, gênero, água, crescimento econômico, desigualdades e parcerias.

Discussão do Communiqué na plenária do GCNF 2017. Foto: WFP/Isadora Ferreira

Recomendações

Os participantes do Fórum fizeram 12 recomendações concretas para governos e outros atores da área da alimentação escolar. Eles destacaram a integração dos programas de alimentação escolar às políticas, estratégias e planos nacionais, a necessidade de colocar considerações de gênero no centro dos programas, a necessidade de uma abordagem que contemple a nutrição, a importância de um sistema robusto de monitoramento e avaliação e a necessidade de adotar práticas ambientalmente corretas para assegurar sustentabilidade no longo prazo.

O Communiqué demanda que países assegurem os recursos necessários em seus orçamentos nacionais e que ajam como defensores da implementação de programas de alimentação escolar. Estratégias de comunicação e mídia podem contribuir para alcanças os objetivos dos programas, assim como a coordenação entre os parceiros por meio de redes locais, regionais e globais. É preciso prestar atenção especial aos países que enfrentam conflitos ou que estejam se recuperando de conflitos.

Os países participantes devem traduzir as recomendações do Communiqué em planos de ação, da forma que for apropriada e relevante para seus contextos, e reportar sobre seu progresso no Fórum do próximo ano.

Organizadores

O tema do Fórum Global de Nutrição Infantil de 2017 foi a construção de pontes para o desenvolvimento sustentável por meio de programas de alimentação escolar: engajamento de comunidades locais, nacionais, regionais e globais. O evento é organizado anualmente pela Global Child Nutrition Foundation e pelo Centro de Excelência contra a Fome, do PMA. Este ano, o evento conta com o apoio do Breakfast Club Canada.

O Communiqué está disponível em inglês, francês e português:

GCNF2017_Communique_EN

GCNF2017_Communique_FR

GCNF2017_Communique_PT

Ver todos
  • 21/09/2018

    Agricultura e urbanização são tema de conferência internacional

    Leia Mais
  • 21/09/2018

    Centro de Excelência contribui para discussões sobre cooperação internacional

    Leia Mais