Loading...
Home

WFP – Centro de Excelência contra a Fome

14/09/2017

Fórum Global de Nutrição Infantil: do Brasil ao Canadá

O Fórum Global de Nutrição Infantil começa domingo, dia 17 de setembro. Como já estamos perto do início do evento, aproveitamos a oportunidade para relembrar o que o Fórum construiu nas últimas quatro edições.

Todos os anos, especialistas, acadêmicos e representantes do governo, sociedade civil e setor privado se reúnem no Fórum Global de Nutrição Infantil para discutir estratégias para ampliar o alcance e a qualidade de programas de alimentação escolar. Esses programas melhoram o status nutricional de crianças e beneficiam agricultores familiares e economias locais. Ao longo dos anos, os resultados e recomendações do Fórum se transformaram para acompanhar a evolução da visão dos participantes sobre alimentação escolar e nutrição infantil.

Participantes do GCNF no Brasil. Foto: WFP/Ivan Canabrava

2013 – Brasil
Em 2013, o Fórum aconteceu na Bahia. Cerca de 250 participantes de 40 países se envolveram em sessões de treinamento sobre metodologias específicas de avaliação dos programas de alimentação escolar. O ponto alto da programação foram as visitas de campo para ver de perto o Programa Nacional de Alimentação Escolar, a maior iniciativa universal de alimentação escolar no mundo. Participantes visitaram diferentes regiões da Bahia para ver experiências locais e conhecer os principais elementos do programa brasileiro de alimentação escolar: propriedades rurais, cooperativas, centro de distribuição de alimentos e escola.

Sessão plenária no GCNF 2014, na África do Sul. Foto: WFP/André Branco

2014 – África do Sul
Representantes de 40 países se encontraram próximo a Johanesburgo para discutir estratégias que garantam programas sustentáveis de alimentação escolar vinculada à agricultura local, o investimento em nutrição e formas de influenciar a agenda global de desenvolvimento. Os 250 participantes reconheceram o potencial da alimentação escolar para contribuir para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e recomendaram que governos considerem a alimentação escolar como um investimento, não um gasto. Também recomendaram que programas sustentáveis de alimentação escolar vinculadas à produção agrícola local sejam reconhecidos como uma estratégia fundamental para o alcance do Desafio Fome Zero e dos ODS. Foi na África do Sul que a semente da criação da Rede Africana de Alimentação escolar foi plantada.

Visita a escola na Ilha do Sal, Cabo Verde, durante o GCNF 2015. Foto: WFP/Isadora Ferreira

2015 – Cabo Verde
Um ano depois, no Cabo Verde, 250 representantes de 42 países recomendaram que todos os governos assegurem marcos legais e institucionais para a implementação de programas sustentáveis de alimentação escolar, inclusive com linhas orçamentárias exclusivas. O tema central do Fórum foi financiamento inovador para a alimentação escolar. Fortalecer a cooperação Sul-Sul e internacional foi uma das recomendações do Fórum, assim como o estabelecimento de um horizonte temporal para a transição de programas de alimentação escolar realizados por parceiros externos para programas nacionais e realizados pelos próprios governos.

Participantes do GCNF aprenderam a preparar o pão armeno servido nas escolas. Foto: WFP/Isadora Ferreira

2016 – Armênia
Representantes de 45 países se encontraram em Yerevan, Armênia, para discutir o desenho e a implementação de programas nacionais poderosos e duráveis de alimentação escolar. Um dos principais temas discutidos durante o Fórum de 2016 foi a criação de redes regionais de alimentação escolar. A Rede Africana de Alimentação escolar foi criada como resultado direto da edição de 2014 do Fórum e, em 2016, países do sul asiático decidiram fazer o mesmo. Foi consenso durante o Fórum que esse tipo de rede é uma ferramenta importante para promover o intercâmbio de informações entre países que enfrentam desafios similares. Os participantes também recomendaram que programas de alimentação escolar sejam prioridade para os governos, com orçamentos adequados e baseado em estudos e análises.

O tema do Fórum Global de Nutrição Infantil de 2017 é a construção de pontes para o desenvolvimento sustentável por meio de programas de alimentação escolar: engajamento de comunidades locais, nacionais, regionais e globais. O evento acontecerá em Montreal, no Canadá, de 17 a 21 de setembro. Cerca de 300 participantes de 50 países são aguardados no Fórum, que, após contribuir para o reconhecimento da alimentação escolar como ferramenta crucial para o desenvolvimento sustentável, vai discutir como podemos fazer isso juntos.

O Fórum Global de Nutrição Infantil é organizado pela Global Child Nutrition Foundation e pelo Centro de Excelência contra a Fome, do PMA. Esse ano, o evento conta com o apoio do Breakfast Club Canada.

Voltar
  • 16/02/2018

    Estudos de caso sobre proteção social em países africanos

    Leia Mais
  • 16/02/2018

    Missão à Costa do Marfim: fortalecimento da Cooperação Sul-Sul

    Leia Mais