Loading...
Home

WFP – Centro de Excelência contra a Fome

22/09/2017

Fórum Global de Nutrição Infantil: o trabalho começa agora

Os 250 participantes do Fórum Global de Nutrição Infantil participaram de visitas de campo para ver a experiência de oferta de café da manhã para crianças vulneráveis realizada pelo Breakfast Club of Canada. No Canadá, uma em cada cinco crianças estão em risco de começar o dia escolar com fome. Em alguns grupos, essa taxa pode chegar a uma em cada duas crianças. A insegurança alimentar e escolhas de alimentação desinformadas têm consequências significativas na saúde e na educação dos jovens, e no país 1 milhão de crianças estão em risco de ir para escola de barriga vazia.

O Breakfast Club do Canadá trabalha com uma rede de doadores e voluntários para prover acesso à alimentação saudável para crianças e adolescentes e para treinar jovens e voluntários, o que fomentar um amplo senso de engajamento comunitário. A ONG opera em todo o Canadá e ajuda mais de 203 mil estudantes diariamente em 1.598 escolas. Na província de Quebec, onde fica Montreal, a ONG serve café da manhã para mais de 20 mil estudantes.

Escola primária na vila de Oka, na província de Quebec. Foto: WFP/Isadora Ferreira

Entre os povos indígenas, que se autodenominam primeiras nações, os metis e os inuits, as taxas de insegurança alimentar são altas. Com o apoio de um time de especialistas no atendimento a comunidades aborígenes, a ONG oferece soluções e ferramentas para ajudar os jovens a crescer e realizar todo o seu potencial. Algumas das escolas visitadas pelos participantes do Fórum são frequentadas por membros dessas comunidades. É o caso da escola primária na vila de Oka. Essa pequena vila é um símbolo da luta das primeiras nações do Canadá pelos seus direitos.

A escola atende 58 alunos, de 5 a 11 anos. Eles são membros do povo mohawk. Os participantes do Fórum foram recebidos pelo grande chefe da comunidade, pelo diretor da escola, professores e por um grupo de crianças muito alegres. O café da manhã estava delicioso, e as crianças comeram tudo com apetite – assim como os visitantes. O grande chefe Serge Simon , do mohawks de Kanesatake, afirmou: “o programa de café da manhã foi um elemento muito importante para nossas crianças. Porque, para algumas delas, devido à pobreza, a única refeição decente que elas têm é a que nós fornecemos, e nós só podemos fazer isso com a ajuda do Breakfast Club”.

Grande chefe Serge Simon , do mohawks de Kanesatake. Foto: WFP/Isadora Ferreira

Discussões

Após a visita às escolas, os participantes destacaram a importância de transformar as visões compartilhadas no Fórum em ações. É consenso que a alimentação escolar é crucial para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. A mensagem final do Fórum foi um chamado para que governos tomem as rédeas da alimentação escolar o forneçam todos os recursos necessários para a implementação de programas duráveis.

Daniel Balaban, diretor do Centro de Excelência, afirmou: “todos nós entendemos por que programas de alimentação escolar são importantes para o desenvolvimento, agora precisamos voltar para casa e assegurar que esses programas estejam incluídos nos orçamentos de nossos países”. Daniel Germain, fundador do Breakfast Club of Canada, anunciou que vai pressionar o governo do Canadá pela criação de um programa nacional de alimentação escolar.

Visita de campo para ver a experiência de oferta de café da manhã realizada pelo Breakfast Club of Canada. Foto: WFP/Isadora Ferreira

O Communiqué do Fórum ressaltou que vontade política é de vital importância para que a alimentação escolar se torne realidade em todos os países. O envolvimento de diferentes setores e de múltiplos níveis de governo e a cooperação entre atores e países foram apontados como estratégias relevantes. Na visita à escola mohawk, o grande chefe Serge Simmon afirmou: “como chefe, e todos os chefes do meu Conselho, nós sabemos que temos que lutar muito para erradicar a pobreza em nossa comunidade, então espero que algum dia, duvido que durante minha vida, mas talvez durante a vida do meu neto, a pobreza seja algo sobre o qual ele vai ler em livros de história”.

Gene White, fundadora do Global Child Nutrition Foundation, encerrou o Fórum: “nosso trabalho não terminou, nosso trabalho está só começando”.

Voltar
  • 25/05/2018

    Projeto de cooperação na área do algodão é oficialmente iniciado

    Leia Mais
  • 24/05/2018

    Centro de Excelência e Unifesp discutem iniciativas conjuntas

    Leia Mais